ARQUIVO

BUSCA

O HOMEM QUE ENGOLIA TUDO EM RIO PRETO

Publicado terça-feira, 19 de abril de 2016

1 comentários

Acreditem! Isso aconteceu em Rio Preto, SP, no ano de 1985.

A rapaz da foto, é o fenomenal Izaías Braga dos Santos, conhecido na época, por “O engolidor da Praça da Sé”, de São Paulo.

Foi várias vezes no “Programa Silvio Santos” e uma no “Fantástico”.

Era uma “coisa” incrível. Engolia bola de bilhar, anzóis, pregos, relógios, molhos de chaves, prumos de obras, vidros de remédios, enfim, tudo que lhe era dado. Passando pela boca, Izaías levava até o estômago e depois jogava para fora. Era uma “babança” sem truque algum.

Pois é, esse cara desembarcou em Rio Preto em 1982 e na Praça Dom José Marcondes, “desafiava” o povo em troca de moedas e cédulas. Dependia do tamanho do objeto.

Quando o vi pela primeira vez, não acreditei. Pensei, “é truque”. Voltei no outro dia e mais de perto, vi que era pura verdade.

Esperei uns dias e fui cedinho conversar com o “engolidor” e ver a possibilidade em fotografa-lo. A resposta foi sim.

Mãos às obras e em companhia do amigo fotógrafo Kharfan, pessoa culta e esclarecida, fotografamos juntos para checar e registrar de perto, aquele cara fenomenal.

Saímos de lá impressionados. Para a foto, ele engoliu e devolveu a bola a corrente e um relógio “Seiko”.

Após a sessão de fotos, Izaías abriu uma mala e me mostrou dois jornais tendo como capa, com fotos “rasgadas”, isto é, com mais de 50% das páginas, suas façanhas. Eram o “Última Hora” e “Notícias Populares”. Foi daí que vi os títulos: “O Engolidor da Praça da Sé”.

Poucos dias depois que fiz as fotos, Izaías foi assassinado em frente à “Estação Rodoviária de Rio Preto”.

Por um bom tempo, seu túmulo no “Cemitério São João Batista” foi objeto de visitação de curiosos, pois todos os objetos engolidos por ele, foram deixados na parte de fora.

O tempo passou e pouca gente se lembra desse homem que engolia de tudo na “Praça Dom José Marcondes”.

 

Foto: Toninho Cury

Julho de 1985

Comentários - 1
arilson pimenta soares - 15/07/2017
boa noite ! caramba encontrei esse cara ! esse rapaz morou no bairro onde fui criado aqui no rio de janeiro nos anos de 1980 a 1982 depois ele sumiu . tinha apenas 10 ou 11 anos por aí , ficava com pena dele pois ele não tinha família e morava em baixo de uma amendoeira ainda existente no bairro . tinha uma família que sustentava ele as vezes abrigava ele , poxa que show gostaria muito de saber como ele está . tinha pessoas que queria fazer maldade com ele aí ele sumiu .